Suspensão - Barão Pneus
2357
page-template-default,page,page-id-2357,qode-quick-links-1.0,woocommerce-no-js,mega-menu-top-navigation,mega-menu-max-mega-menu-2,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-content-sidebar-responsive,columns-3,qode-theme-ver-11.1,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Suspensão

A suspensão de um veículo é essencial para o funcionamento do mesmo uma vez que ela é a responsável pela estabilidade e pela absorção dos impactos com o solo. O sistema de suspensão ainda se encarrega de manter os quatro pneus no chão e funcionando de forma correta.

Devido a todas essas funções desempenhadas por esse sistema é necessário muita atenção e revisão de sua performance para evitar qualquer tipo de transtorno.

Os componentes da suspensão de um veículo são: amortecedor, molas, braço oscilante também conhecido como bandeja, pivô de suspensão, batente ou coxim superior, batente ou coxim inferior, bieleta, barra estabilizadora e algumas suspensões ainda contam com feixes de mola.

Quando devo trocar?
Os componentes da suspensão são muito importantes, pois são os responsáveis pela sustentação do veículo. Ao trafegar por pistas em más condições ou estradas rurais os danos a esse sistema podem ser maiores e, portanto, exigem revisões em períodos mais curtos. Como regra geral, estima-se o prazo de 5 mil quilômetros para a revisão de todos os componentes da suspensão.

preloader